sábado, 28 de outubro de 2006

mal posso em mim. não sei que escrever, nem sei o que dizer. estou tão chateada comigo mesma e com o resto do mundo que só me apetece mandar tudo para as urtigas, fazer explodir o mundo à minha volta.

supostamente não deveria sentir isto. supostamente não deveria sonhar com isto. supostamente não deveria pensar nisto. supostamente deveria esquecer tudo.

porém, acho isso muito improvável e, a partir de hoje, de todos os acontecimentos deste dia triste e chuvoso, acho ainda mais improvável.

desejo poder afirmar que sou como uma borboleta, voando livre pelos campos, sem se preocupar com nada e brilhando, como se a vida lhe corresse optimamente. um dia, sei que o irei afirmar.

resta esperar. e sorrir. e seguir em frente.





~if you can't laugh at yourself, life's gonna seem a whole lot longer than you like.


parafina falsificada (saturada, mas o bom-humor há-de voltar)

2 comentários:

rummy disse...

tb ando a passar por uma fase de desinspiraçao =P

isto deve ser a adaptação a vidinha de universidade!

o alfredo perdeu a cabeça!
n a percas tb XD

parafina falsificada disse...

o alfredo é pálido. é perneta. e perdeu a cabeça. e é pele e osso.


bem, já sou pálida. e falta pouco para perder a cabeça, eu cá acho.

xD