quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Coisas, tipo, javardas!

Imaginem a seguinte cena: um grupo de três casais romenos ou ucranianos ou whatever ocupam o lugar ao lado de mim e dos meus amigos, na piscina. Além de tipo, topless (que na verdade nem me mete muita impressão; se querem fazer, façam!), e beijos tipo... "yep!-get-a-room", um dos senhores, que usava uma bela duma tanga, começa a pôr creme na sua companheira, que por sua vez também usava uma belíssima e, por sinal, curta tanga. Começa por pôr creme nas costas. Tudo bem até aqui. De seguida, (e isto, não estou a exagerar, ele esteve aí um minuto a pôr creme nas costas) dirige-se para o rabo da dita senhora e está a massajá-lo durante uma boa meia hora. Obviamente, que após um determinado período de tempo, aquilo já não era massagem mas apalpanço à força toda!

Após visões deste nível, tal como visões extremamente perto do cu do senhor que utilizava tanga e etc., a parafina mutante mencionou e, passo a citar, "que quando chegarmos a casa, após termos assistido a estas cenas tão javardas e pecaminosas, só nos resta lavar os olhos com lixívia!"

Ok, não sei se a frase foi assim (estou mais cansada que as coisas cansadas), mas foi algo assim parecido.

E pronto, parabéns à parafina mutante que faz hoje aninhos.

parafina falsificada

3 comentários:

Rita disse...

Que horror! lol Isso é que deve ter sido um belo dia de piscina!

parafina falsificada disse...

Sim, também apanhei um belo um escaldão!

Rita disse...

Escaldões são a festa total!