domingo, 16 de dezembro de 2007

Na escola de espermatozóides...

Professor Espermatozóide - No momento que vocês sabem que vai ser o apropriado, vocês vão sair daqui e entrar num longo corredor. Movam-se o mais depressa que puderem. Infelizmente, só um poderá ser o vencedor, é verdade, mas é a vida.

Espermatozóide Aprendiz - E depois de entrarmos nesse corredor e nos movermos, o que fazemos, senhor professor?

Professor Espermatozóide - Quando encontrarem algo redondo e cor-de-rosa, batem na parede e dizem: "Olá, eu sou o espermatozóide!" e esperam que vos respondam: "Olá, eu sou o óvulo! Podes entrar!" E depois, entram!

Alguns dias depois, dá-se o tão fantástico momento. Os espermatozóides entram pelo longo corredor, movem-se o mais rápido que conseguem, mas só é o vencedor, que bate na parede da coisa redonda e cor-de-rosa! Segue-se o seguinte diálogo:

Espermatozóide Vencedor - Olá, eu sou o espermatozóide!

Coisa Redonda e Cor-de-Rosa - Olá, eu sou a amígdala!

parafina falsificada (e este é um dos, muitos, resultados do jantar de hoje com os meus primos...)

3 comentários:

rummy disse...

OMFG XD conversa produtiva!


q hormona é o professor espermatozoide? (sorry, i'm...a NERD PERSON xD)

parafina falsificada disse...

LOL, mais NERD que eu não és XDXD

Bel disse...

OMFG!! Eu quase me engasguei... os teus primos e as suas conversas produtivas...

[evil laughter]

Bel - a que vai chumbar a Biocel e devia estar a estudar História... =P