segunda-feira, 12 de abril de 2010

good question!

"Que queres como prenda de aniversário?"

Ah pois, é verdade. Chegou aquela bela altura do ano em que os meus pais me perguntam isto, mil e uma coisas me passam pela cabeça para pedir, 90% dessas coisas os meus pais não poderiam pagar, portanto, ou me mantenho calada, ou só digo parvoíces.

Ontem perguntaram-me e eu fiz que não ouvi.

Hoje perguntaram de novo e eu respondi.

"Quero a carta de condução!"

"Ah e coiso e tal, quando estiveres a fazer o estágio pode ser que sim e coiso..."

"Tá bem... bem, estou com falta de lentes de contacto e vem aí a Farmo. Escolham."

Não me interpretem mal: admiro imenso os meus pais por todo o esforço que fizeram e continuam a fazer para me manter na faculdade. Mas custa ser das poucas pessoas que não tem carta com a minha idade. Eu sei, I'm so dumb, mas ter cartinha, ter carrinho (nem que fosse a coisa mais velha à face do planeta) dava jeito. E é por isso que eu quero que a faculdade acabe. Para eu começar a ganhar o meu dinheiro e deixar os meus pais em paz, em questões monetárias. Porque já vai a caminhar para 22 anos que eles me sustentam. E a mim custa-me. (E eu sei, há tanta gente por aí que se tá bem, e desculpem o francês, cagando para o dinheiro que os pais gastam com eles, mas eu não consigo ser assim. Eu cresci sempre com o "cinto" apertado, acho que é mesmo por isso que dou muito valor ao dinheiro).

parafina falsificada (as nanosuspensões estão a fazer-me mal à cabeça, eu sei)

7 comentários:

a mulher certa disse...

um part time? no call center?

Poetic GIRL disse...

Pelo menos importas-te que é cada vez mais raro. Mas vais ver que as coisas adquiridas pelo teu suor terão outro valor... bjs

Sofia disse...

Eu também não tenho a carta de condução. Quando pedi os meus pais disseram que ainda não havia necessidade para ela mas.. para quem demora todos os dias 1h30 para chegar à faculdade de transportes acho que compensava. E muito! Em todo o caso, compreendo a decisão dos teus pais :)

Por acaso nunca pensaste em arranjar um trabalhito de verão para poderes ter o teu proprio dinheiro e assim nao estares sempre dependente dos teus pais?

Restelo disse...

é sempre bom ter a independência dos pais

Chico disse...

Não guardes a carta para quando estiveres no estágio, é a última coisa em que vais querer pensar x)
O 1º semestre do 5º ano é bom para isso, não se faz nada de jeito LOL

parafina falsificada disse...

a mulher certa: pois. se eu tivesse horário de faculdade para isso até ia. talvez nas férias. :)

Poetic Girl: Pois vão, vão ter outro sabor, tenho a certeza =)

Sofia: Já trabalhei durante o verão, mas como só tenho, basicamente, um mês de férias, nunca se faz muito. enfim. Também já falta pouco para eu acabar o curso.

Restelo: Pois =)

Chico: Sim, devo tirar a carta no 1º semestre. E espero mesmo que não se faça nada, tou farta de tanto artigo... -.-

Meio Cheio disse...

Se conseguires conjugar o estudo com um part time tens sempre essa solução, senão tens as férias de verão...caso nada disto seja perfeitinho...assim que acabares um curso atiras-te de cabeça para um trabalho, mesmo que não seja o perfeito servirá para juntar uns trocos.
Deixa lá, há coisas bem piores que não ter a carta.
Beijo*