sexta-feira, 1 de junho de 2012

A minha colega de casa*

*Tenho alguns, mas esta, em específico. 

A minha colega de casa, desde o dia em que, lamentavelmente, lhe dei um bocadinho de conversa a mais, adora sair do seu quarto e vir para a cozinha falar, falar, falar, falar... enquanto eu faço uma série de coisas. Ou então, espontaneamente, bate-me à porta do quarto e fica-me à porta a falar, falar, falar, falar.

Opá... é o seguinte, (e antes que venham dizer que eu sou horrível): eu também gosto muito de falar, mas tenho dias em que prefiro ficar caladinha e nada dizer. Pronto, ali, no meu cantito. E acho que se percebe bastante bem quando estou assim... nomeadamente, respondo com "sim", "não", "hum hum" e não demonstro muito interesse visual pela pessoa que me está a chatear.

Acontece que esta rapariga não percebe. Ou, se calhar, não quer perceber. Sim, que fixe, foste ao Rock in Rio ver Linkin Park. Mais não sei quantas mil pessoas também. So what?! Sim, não gostas de Ivete Sangalo, ainda assim tens a televisão ligada na Sic Radical enquanto esta estação transmite o concerto da senhora no Rock in Rio. WTF?! Sim, o teu curso é horrível. Todos os estudantes dizem isso! Oh, deixa-me gabar mais um bocadinho que fui ao Rock in Rio. Caraças, já deu para perceber que és menininha rica, pra perceber isso bastava-me saber que andas numa Universidade privada. Ai, tenho teste amanhã! E tenho que entregar um trabalho na segunda-feira. Mais uma vez, querida, eu também fazia isso quando estudava.

E etc.

A sério, que filme pá!

parafina falsificada

2 comentários:

Trocas e baldrocas disse...

Há gajas que metem mesmo um dó!

Carlinha disse...

Been there, done that! Colegas de casa são uma praga!