domingo, 29 de abril de 2007

Aventuras no Campo

Sentada no meio das ervinhas, parafina falsificada estudava Bioestatística, mais precisamente, Probabilidades. Na realidade, a única coisa que me passava pela cabeça era qual era a probabilidade de me aparecer um bicho horroroso à frente... ora, quando acabo de pensar nisto, só ouço o meu tio a dizer: "Olhó um rato enorme!", que, se escapou por entre as ervas e eu preferi manter-me afastada das ditas cujas ervas.

Mais tarde, a avó parafina falsificada aparece-me com laranjas para eu comer. Ora, eu começo a comer, mas eis que o desastre acontece: uma gota de sumo de laranja cai em cima duma página de "Probabilidades e Estatística, Volume I" e, obviamente, suja-a. Quase ao mesmo tempo, parafina falsificada mata uma aranha minúscula com a capa do livro (que é bem dura) e depois decide-se a sair do meio das ervinhas porque secalhar não tinha sido muito boa ideia ir prá aquele sítio estudar.

parafina falsificada (ah, eu adoro apanhar constipações, não sei se já tinha referido isso...)

2 comentários:

Nadir Tejani disse...

Essas aranhas são creepy. Mas eu sou suspeito, derivado da minha aracnofobia grau 3. Repete comigo: ar livre é mau. Ar livre mata. Não ao ar livre.

rummy disse...

'parafina falsificada mata uma aranha minúscula com a capa do livro'

daqui se conclui que probabilidades e estatística mata.